Sumo de Erva de Trigo para Colite Ulcerativa

Um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, descobriu que o sumo de erva de trigo é seguro e eficaz no tratamento de doença inflamatória do intestino.

Se ainda não o fizeram, podem subscrever aos novos vídeos aqui

Notas do Dr. Michael Greger

O vídeo sobre cúrcuma que mencionei é Atacando com a Raíz: Curcumina da Cúrcuma e Colite Ulcerosa (Legendado em Português).

Penso que o outro único vídeo em que mencionei erva de trigo é Quanto Brócolos é Demais? e esse foi apenas para alívio cómico. Este é um dos tópicos no qual recebo imensas perguntas, mas não havia nenhuma boa ciência… até agora! Por favor nunca hesitem em contactar-nos sobre tópicos que gostariam de ver nos vídeos.

Há mais sobre Prevenindo a Colite Ulcerosa com Dieta e Tratar Colite Ulcerativa com Dieta (Legendado em Português) bem como outros sobre doença inflamatória do intestino:

Tem uma questão para o Dr. Greger sobre este vídeo? Deixe-a na secção de comentários do original Wheatgrass Juice for Ulcerative Colitis e ele procurará responder-lhe!

Fontes citadas
Desenrole a Transcrição aqui

Sumo de Erva de Trigo para Colite Ulcerativa

No editorial que acompanhou o estudo de referência que mostrou que o extrato da especiaria curcuma podia ser usado para combater a colite ulcerativa, eles felicitaram os pesquisadores por terem realizado o maior estudo alguma vez feito em abordagens de medicina complementar ou alternativa para tratar a doença inflamatória do intestino. Mas isso não diz muito. Dois dos outros únicos ensaios de alta qualidade experimentaram gel de aloe vera e sumo de erva de trigo. Não houve melhorias significativas nas taxas de remissão clínica ou descobertas por endoscopia com aloe vera, mas os resultados da erva de trigo foram impressionantes. Sumo de erva de trigo no tratamento de colite ulcerativa distal ativa. O uso de sumo de erva de trigo para o tratamento de várias condições gastrointestinais e outras condições tinha sido sugerido pelos proponentes de erva de trigo há mais de 30 anos, mas nunca foi clinicamente avaliada num estudo controlado … até… este estudo. A uso de sumo de erva de trigo no tratamento da colite ulcerativa foi trazida ao seu conhecimento por vários pacientes que atribuíram a melhoria ao uso regular da coisa. Assim, num estudo piloto, eles deram 100 cc por dia — entre um terço e meia chávena de chá — de sumo de erva de trigo durante duas semanas a dez pacientes. Oito pacientes descreveram melhora clínica, um não teve nenhuma alteração, e um ficou pior. Porque é que nunca ouvi falar desse estudo? Porque nunca foi publicado. Eles pensavam que estavam realmente em algo importante, de modo que queriam fazê-lo direito. Portanto, este estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo foi projetado para examinar os efeitos do sumo de erva de trigo em pacientes com colite ulcerativa ativa no cólon inferior. Eles descobriram que o tratamento com sumo de erva de trigo estava associado com reduções na atividade da doença em geral e com a severidade da hemorragia retal. Noventa por cento dos pacientes da erva de trigo melhoraram, e nenhum ficou pior. Eles concluem que o sumo de erva de trigo pareceu eficaz e seguro como tratamento único ou adicionado para a colite ulcerativa inferior ativa. Não há presentemente respostas disponíveis quanto ao local onde atua a erva de trigo. Será que a substância ativa é absorvida pelo corpo e tem algum tipo de efeito anti-inflamatório geral, ou atua localmente diretamente no cólon? Como se poderia descobrir isso? Podia-se sempre tomar sumos na direção oposta. Um estudo assim levanta tantas questões. Como se sairia o sumo de erva de trigo num cabeça-a-cabeça contra outros tratamentos? Será que tem algum papel na prevenção de ataques ou apenas quando já se tem um? Devíamos dar-lhe também a pessoas com doença de Crohn? Qual é a melhor dose? Já passaram mais de dez anos desde a publicação deste estudo, e contudo ainda nada. Que triste. Sim, ninguém vai fazer um milhão a vender bagas de trigo, mas e quanto às empresas de sumos de erva de trigo? Gostava que eles desembolsassem alguns dólares na pesquisa. Até lá, porém, a erva de trigo parece oferecer uma verdadeira vantagem terapêutica nesta doença incapacitante. Quer dizer, se aguentarmos o sabor. Nutrição em Factos, a mais recente pesquisa em nutrição. Publicações e Português em Nutricao-em-Fatos.org
Recolher Transcrição

Imagem graças a Oklo / Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *