O que Faz o Ovo às Nossas Artérias?

Ovo, colesterol e função arterial endotelial

Em reacção ao estudo que encontrou um aumento exponencial semelhante na placa entupimento das artérias, em ambos os fumadores e as pessoas que comem ovo, um crítico contrapôs que os ovos têm efeitos benéficos para o endotélio vascular, o revestimento interno de nossas artérias, citando um estudo de 2005 sobre o consumo de ovos e função endotelial, financiado pelo American Egg Board [comissão americana para o marketing do Ovo] (destacado em meu vídeo, Ovos e Função Arterial).

O estudo foi realizado num grupo de homens e mulheres que comiam a dieta padrão americana, estavam acima do peso, tinham colesterol “normal”, (o que quer dizer níveis extremamente elevados de colesterol LDL, duas vezes tão alto quanto o poderia ser considerado ótimo). Tal como os autores de um artigo publicado no Journal of the American College of Cardiology notaram, muitas vezes não é apreciado “que o nível médio de colesterol no sangue, nos Estados Unidos, o chamado nível normal, estava realmente demasiado elevado”, acelerando a doença cardíaca e “colocando uma grande fração da chamada população normal num maior risco” de doença cardíaca coronariana, o nosso assassino número um.

Se atirássemos um fósforo aceso para uma piscina de gasolina flamejante e não víssemos nenhuma diferença na altura das chamas, não podemos concluir que atirar fósforos acendidos para gasolina não é um risco de incêndio. Mas isso é exatamente o que o estudo da comissão do ovo concluiu. Quando a adição de ovo não tornou a função arterial pior do que já era, eles concluíram que “o consumo de ovo de curto prazo não afeta adversamente a função endotelial em adultos saudáveis.”

A comissão do ovo pagou por um estudo de acompanhamento usando pessoas que estavam numa situação ainda pior, com um colesterol total médio de 244. Eles relataram que o consumo de ovo não teve nenhum efeito sobre a função endotelial… em comparação com queijos e salsichas. Contudo, em vez de soarem o alarme de que comer ovo é tão mau para a função arterial como um McMuffin de Salsicha do McDonald’s (!), os pesquisadores concluíram que o consumo de ovo era não-prejudicial para a função endotelial e os níveis de colesterol. Os sujeitos começaram com colesterol de risco de vida, e terminaram com colesterol de risco de vida.

Por que é que a função endotelial e os níveis de colesterol não ficam ainda pior? Porque não há um efeito platô. Basicamente, podemos ter um máximo na nossa absorção de colesterol. Após um certo nível de ingestão, é apenas mais um fósforo no fogo. Se já estamos a consumir a dieta americana padrão com média de 400mg de colesterol por dia, mesmo adicionando dois ovos jumbo à nossa dieta poderá não ter um impacto considerável. Mas para pessoas que tentam comer saudável, esses dois ovos poderiam disparar o seu colesterol em 20 pontos.

Contudo, um substituto de ovo sem colesterol e livre de gordura revelou-se benéfico. Ou seja, não comer ovo baixa os níveis de colesterol e melhora a função endotelial, e é isso o que essas pessoas precisavam. As suas artérias já estavam a sofrer, precisavam de algo para reduzir as chamas, não mais fósforos. Os sujeitos estavam, aparentemente, a comer de forma tão pouco saudável que adicionar mais ovo não poderia fazer as coisas ficarem muito piores, mas comer papas de aveia em vez de ovo melhorou as coisas, ajudando a apagar o fogo. Então, até mesmo os estudos financiados pela Comissão do Ovo disseram que não comer ovos é melhor para as nossas artérias, apesar de que esses são os mesmos estudos que as pessoas pró-ovo citam para reivindicarem efeitos vasculares benéficos.

Mais sobre a reacção ao estudo em Ovos versus Cigarros na Aterosclerose no meu vídeo, Desmascarando os Mitos da Indústria do Ovo (legendado em Português), bem como mais discussão quanto aos efeitos do colesterol do ovo sobre os níveis de colesterol no sangue dos consumidores de ovo. Mais sobre isso em:

Anteriormente destaquei um alimento que beneficia realmente a função vascular. Vejam Nozes e Função Arterial. Embora a indústria das nozes tenha tentado uma tática semelhante, vejam o meu vídeo Porcas [Nuts] e Parafusos da Redução do Colesterol. As indústrias da carne, refrigerantes, e produtos lácteos também podem ser culpados de manipulação experimental. Vejam ATREVIDOS de Facto: Carne de Vaca Baixa o Colesterol e O “Efeito de Financiamento” pela Indústria de Alimentos.

PS: Se ainda não o fez, pode subscrever aos meus vídeos gratuitamente aqui e ver as minhas apresentações ao vivo de análise anual:

Com saúde,

– Dr. Michael Greger

Crédito de imagem: Pietro Bellini

Atribuições

O que Faz o Ovo às Nossas Artérias?

Traduzido do original “What Do Eggs Do To Our Arteries?”, escrito por Dr. Michael Greger a 20 de Agosto de 2015 no blog de nutrição médica do Dr. Greger em NutritionFacts.org

Recolher Atribuições

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *