Coração de Ouro: Açafrão-da-Terra versus Exercício

Dieta e exercício estão em sinergia na melhoria da função endotelial, a capacidade das nossas artérias de relaxarem normalmente.

Notas do Dr. Michael Greger

Este vídeo vem no seguimento de Curcumina do Açafrão-da-terra versus Exercício na Função Arterial.

A disfunção endotelial está no coração (piada propositada :) de muitas das nossas doenças mais mortíferas. Compromete-te a salvar as tuas células endoteliais e olha alguns destes vídeos sobre o efeito dos alimentos na tua função endotelial:

Para mais sobre o conceito de sinergia entre nutrientes, vejam Variedade da Horta Anti-Inflamação e Mirtilo Vermelho Versus Cancro.

Independentemente daquilo que coma ou não coma, o exercício é crítico:

Eu devo ter dúzias de vídeos sobre Açafrão-da-Terra, por esta altura, mas aqui tem alguns para iniciá-lo:

– Dr. Michael Greger

Tem uma questão para o Dr. Greger sobre este vídeo? Deixe-a na secção de comentários do vídeo original e ele procurará responder-lhe!

Se ainda não o fizeram, podem subscrever aos novos vídeos aqui

Fontes citadas

N Akazawa, Y Choi, A Miyaki, Y Tanabe, J Sugawara, R Ajisaka, S Maeda. Curcumin ingestion and exercise training improve vascular endothelial function in postmenopausal women. Nutr Res. 2012 Oct;32(10):795-9. doi: 10.1016/j.nutres.2012.09.002.

J A Vita. Endothelial Function. Circulation. 2011 Dec 20;124(25):e906-12. doi: 10.1161/CIRCULATIONAHA.111.078824.

J Sugawara, N Akazawa, A Miyaki, Y Choi, Y Tanabe, T Imai, S Maeda. Effect of endurance exercise training and curcumin intake on central arterial hemodynamics in postmenopausal women: pilot study. Am J Hypertens. 2012 Jun;25(6):651-6. doi: 10.1038/ajh.2012.24.

W C Aird. Spatial and temporal dynamics of the endothelium. J Thromb Haemost. 2005 Jul;3(7):1392-406. Epub 2005 May 9.

M Mudau, A Genis, A Lochner, H Strijdom. Endothelial dysfunction: the early predictor of atherosclerosis. Cardiovasc J Afr. 2012 May;23(4):222-31. doi: 10.5830/CVJA-2011-068.

H Strijdom. Endothelial dysfunction: are we ready to heed the vasculature’s early-warning signal? Cardiovasc J Afr. 2012 May;23(4):184-5.

D O McCall, C P McGartland, M C McKinley, C C Patterson, P Sharpe, D R McCance, I S Young, J V Woodside. Dietary intake of fruits and vegetables improves microvascular function in hypertensive subjects in a dose-dependent manner. Circulation. 2009 Apr 28;119(16):2153-60. doi: 10.1161/CIRCULATIONAHA.108.831297.

M Vona, GM Codeluppi, T Iannino, E Ferrari, J Bogousslavsky, L K von Segesser. Effects of different types of exercise training followed by detraining on endothelium-dependent dilation in patients with recent myocardial infarction. Circulation. 2009 Mar 31;119(12):1601-8. doi: 10.1161/CIRCULATIONAHA.108.821736.

Recolher Fontes

Desenrole a Transcrição aqui

Coração de Ouro: Açafrão-da-terra versus Exercício

O endotélio é o revestimento interno dos nossos vasos sanguíneos. Esticadas, de ponta a ponta, as células endoteliais de um único ser humano enrolariam mais de quatro vezes à volta do mundo. E não é apenas como uma camada inerte; é altamente ativo metabolicamente. Eu já falei sobre o quão sensível é o nosso endotélio à oxidação e inflamação. E se não cuidar-mos dele, a disfunção endotelial pode levar-nos à doença cardíaca ou a um AVC. Estamos prontos para atender ao primeiro sinal de alerta de nossa endotélio? Bem, se tem tudo a ver com oxidação e inflamação, então frutas e legumes devem ajudar. E, de fato eles ajudam. Cada porção diária de frutas ou vegetais foi associada a uma melhoria de 6% na função endotelial. Agora, estas melhorias na função endotelial associadas a frutas e vegetais estão em contraste com vários estudos negativos de comprimidos de vitamina C que falharam em demonstrar um beneficio. Pode-se concluir que os resultados positivos do estudo das frutas e vegetais não são devidos apenas a um qualquer dos nutrientes nas frutas e nos vegetais. Ao invés de procurar o único micronutriente “mágico”, uma abordagem mais prática provavelmente considerará alimentos integrais. Assim, o aumento do consumo de frutas e vegetais é provável que tenha numerosos efeitos benéficos devido aos efeitos sinérgicos de todas as coisas maravilhosas que há em plantas. O exercício ajuda também, mas que tipo de exercício ajuda a melhor? Os pacientes foram randomizados em quatro grupos: exercício aeróbio (pedalar durante uma hora por dia), treino de resistência (usando pesos e faixas elásticas), ambos, ou nenhum. O grupo aeróbico… deu show. O grupo de resistência… deu show. E o grupo aeróbico mais resistência também deu show, em comparação com aqueles que ficaram a ver o show. Note-se que o seu endotélio não se importa se você está numa bicicleta ou a levantar pesos, desde que você esteja a fazer atividade física, e que seja regular. Se você parar de se exercitar, a sua função endotelial cai. Suplementos antioxidantes não funcionam. E então comprimidos anti-inflamatórios? A indústria farmacêutica não vai desistir assim tão facilmente. Afinal, não se pode ganhar muito a vender salada. Para aqueles que preferem plantas a pílulas, um dos alimentos mais anti-inflamatórios é a especiaria açafrão-da-terra. Pesquisadores no Japão compararam recentemente os benefícios do exercício para o endotélio com os da curcumina, o pigmento amarelo no açafrão-da-terra e caril em pó. Uma colher de chá de açafrão-da-terra por dia durante oito semanas foi comparado a 30 a 60 minutos de exercício aeróbico por dia. Qual grupo melhorou mais a sua função endotelial? O grupo que não fez nenhum, experienciou nenhum benefício, mas o grupo de exercício aumentou significativamente a sua função endotelial, assim como o grupo da curcumina. A magnitude da melhoria conseguida pelo tratamento com curcumina foi comparável ao obtido com o exercício. Portanto, a ingestão regular de curcumina poderia ser uma medida preventiva contra a doença cardiovascular em mulheres na pós-menopausa. Além disso, os resultados sugerem que a curcumina pode ser um potencial tratamento alternativo para os pacientes que estão incapacitados de fazer exercício, mas o ideal é fazermos ambos. Neste estudo eles olharam para a hemodinâmica arterial central. Basicamente, se o nosso endotélio esta danificado, as nossas artérias endurecem, tornando-se mais difícil para o nosso coração bombear. Mas em comparação com placebo, podemos baixar a pressão arterial com curcumina do açafrão-da-terra ou com exercício, mas se você combinar os dois… então ai é que você começa mesmo a rocalhar. Eles concluem que estes resultados sugerem que o exercício regular de endurance combinado com a ingestão diária de curcumina pode reduzir a pressão contra a qual seu coração tem que lutar com um esforço maior do que usando apenas um ou o outro. Logo, comida saudável e exercício para o nosso endotélio. Nutrição em Factos: A Mais Recente Pesquisa em Nutrição NutritionFacts.org, a mais recente pesquisa em nutrição.Recolher Transcrição

Imagens graças a Andreas Fischer
[quickshare]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *